conteúdo da página

Diário de Bordo #3

dia 29 de outubro 9:23:30 da manhã, quinta feira – 6 dias passados 1 velejado

Uma localização é fornecida e descobrimos que em 11 horas e meia o veleiro progrediu 108 milhas. No momento da postagem de sua localização ele vai a 8.21 mph, fato que nos surpreende.

clique aqui para ver a ->   localização fornecida   ou

veja na imagem a linha azul mostra o caminho feito desde a localização inicial e a final é onde aparece uma pequena bandeira quadriculada azul.

Neste ritmo chegam em Newport RI algumas horas antes do furacão ZETA passar, mas vão estar nas faixas externas da chuva pelo resto da etapa da viagem e se proteger do furacão que assombra a região, lembre-se que eles estão fugindo do frio extremo que chega em Boston em breve, precisam descer em direção a Florida rápido.

 

 

dia 30 de outubro de 2020 – sábado – 7 dias passados 1 velejado

relatório do casal – Nevou quase o dia todo aqui em Newport, aproveitamos para trabalhar no sistema de radar, finalmente consegui ligar a unidade principal, mas parece que é necessária uma subida ao mastro para resolver problemas com a cúpula. Caroline instalou um plástico limpo sobre as escotilhas do convés para impedir temporariamente que a água vazasse. Tivemos de comprar um segundo aquecedor elétrico à medida que a temperatura continua a despencar, ficaremos bem felizes assim que atravessarmos a corrente do Golfo para nos aquecermos.
Preciso colocar o alternador de 12 volts para funcionar, com isso vamos poder viajar com mais alguns itens ligados. Durante a nossa primeira parte, tudo o que tínhamos foram as luzes de navegação e o iPad como plotter de gráfico, estaremos em melhor forma assim que a turbina eólica for instalada e ligar.
Em geral, foram 5 dias e noites decorridos desde a chegada ao wauquiez e sabemos que os itens de trabalho a fazer estão saindo da lista mais rápido do que novos itens são inseridos.
Agora, se pudéssemos ter uma janela meteorológica para navegar para o sul seria fantástico porque, navegar enquanto neva, faz frio e chove, não é muito divertido……

dia 1 de novembro – relatório – domingo – 9 dias passados 3 velejados

relatório do casal – Esperando que a tempestade passe, pode ser quarta-feira

 

3 de novembro de 2020 – terça feira – 11 dias passados – 4 velejados

chega uma postagem de localização com a notícia mais esperada por nós, e é boa…..

relatório do casal – a caminho até Norfolk

 

 

4 de novembro – quarta feira – 12 dias passados 4 velejados

já são 246 milhas navegados e o veleiro recebe o vento de proa, vem do sul mas ainda é frio.

Notícias de que o piloto automático parou de funcinar não nos anima  .

 

5 de novembro – quinta feira – 13 dias passados 5 velejados

relatório do casal – Ancorados em Atlantic City, o motor e o piloto automático precisam de atenção, no caso do motor os filtros e os bicos estão demasiado sujos e com problemas precisam ser trocados.

O veleiro passou pelo menos 7 meses parado esperando ser vendido, a tripulação trocou o combustível velho antes de partir mas sempre sobra uma borra no fundo e agora com o movimento do mar o combustível velho e sujo trouxe consequencias.

Começamos a entender que este veleiro antes de ser vendido para nós provavelmente nos últimos 3 anos era utilizado apenas para saídas diárias em passeios curtos. Exatamente por isso o rádio e o radar não eram tão necessários.

 

6 de novembro as 11:02 – sexta feira – 14 dias passados 6 velejados

relatório do casal –Partiu, sentido cape may e destino Norfolk, espero que tudo colabore para uma viagem tranquila, os ventos fracos fazem com que o ritmo seja bem lento.

 

Infelizmente nova parada é necessária e eles aportam em Ocean City para novos reparos, descobrimos então que nosso bote está com vazamentos e o motor de popa travado, uma frustração enorme. Nosso wauquiez é temperamental.

 

9 de novembro segunda feira – boletim – segunda feira – 17 dias passados 6 velejados

relatório do casal –À espera que os novos injetores a diesel cheguem, talvez quarta-feira, descarregando o tanque de combustível e o sistema amanhã, talvez conseguiremos partir na quinta ou sexta-feira.
A saga continua. Novas baterias para o veleiro foram adquiridas, as anteriores não estavam guardando carga, provavelmente foram euxaridas pelo tempo que ficaram sem serem recarregadas, tanques de água tipo bexiga novos instalados hoje, mas o sistema de água ainda tem vazamentos para encontrar e consertar.

A Caroline concertou o vazamento no dinghy e instalou a churrasqueira no trilho hoje. Muito já foi feito, muito ainda a fazer.

 

até o diário de bordo #4

voltar ao diário de bordo #2

 

 

2 thoughts on “Diário de Bordo #3

  • 2 de janeiro de 2021 em 10:44 AM
    Permalink

    Acho que uma forma segura de voce avaliar um bem
    como um barco ou carro é seu diario de manutenção.

    Se não tem esse diário comprovado com documentos
    anexados, então o bem (se estiver parado a meses) é
    mais apropriado a ser comprado por uma marina/oficina,
    porque tem vários problemas ocultos. O canal “Sealife Station”
    da Yara e Jon, vivenciam esse problema de forma exponencial.

    É muito raro encontrar algum proprietário que mantenha
    um diário de manutenção. Sou um desses KKK.

    Muito legal que voces tenham encontrado alguem com
    boa vontade pra ir adiantando a manutenção necessária.

    Tudo que vem fácil, tem menor valor.

    []s

    Resposta
    • 4 de janeiro de 2021 em 1:49 AM
      Permalink

      pois é. a intenção é boa né. vamos ver se é possível manter, e com certeza a expertise do Ike e da Caroline. ajudou bastante.
      nos estamos acompanhando o canal da Yara e Jon rsrs. obrigado pela dica

      Resposta

Deixe uma resposta